Title: Análise do Poder Executivo do Estado de Santa Catarina na perspectiva de gênero: qual o lugar das mulheres?
Authors: Salles, Helena
Publisher: Escola Nacional de Administração Pública (Enap)
Endereço Eletrônico: https://revista.enap.gov.br/index.php/RSP/article/view/4746/6897
Language: Idioma::Português:portuguese:pt
Country: País::BR:Brasil
metadata.dc.type: Artigo
metadata.dc.description.physical: Revista do Serviço Público - RSP, v. 73, n. 4, 672-695 p.
Issue Date: Oct-2022
metadata.dc.rights.holder: Escola Nacional de Administração Pública (Brasil)
metadata.dc.rights.license: Termo::Creative Commons - Uso Não Comercial (by-nc): Esta licença permite que outros remixem, adaptem, e criem obras derivadas sobre a obra licenciada, sendo vedado o uso com fins comerciais. As novas obras devem conter menção ao autor nos créditos e também não podem ser usadas com fins comerciais, porém as obras derivadas não precisam ser licenciadas sob os mesmos termos desta licença. Fonte: http://creativecommons.org.br/as-licencas/
Classificação Temática: Políticas Públicas
Políticas Sociais
Abstract: A construção social sobre o sexo é o que se denomina gênero. O gênero é a base da divisão sexual do trabalho e de assimetrias entre os sexos. Visando analisar a distribuição de homens e mulheres no quadro funcional do Poder Executivo de Santa Catarina, este artigo apresenta um mapeamento inédito para se refletir o Estado como agente, ou não, da igualdade de gênero. Os dados analisados foram extraídos do Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos (SIGRH), gerenciado pela Secretaria de Estado da Administração. As análises evidenciaram uma importante desigualdade de gênero, o que se materializa numa remuneração média notadamente desigual entre homens e mulheres. À medida que se avança nas posições de poder, as mulheres se tornam mais raras e os homens mais frequentes. A divisão sexual do trabalho foi outro achado importante, uma vez que a Secretaria da Educação é a pasta que abriga o maior contingente de mulheres da administração pública do estado e detém a menor média salarial dentre todas as secretarias. Os dados indicam que as mulheres ocupam um lugar de subalternidade, o que é particularmente alarmante já que o aparelho público tem papel relevante como indutor de comportamentos individuais e coletivos.
Keywords: gênero;  administração pública federal;  poder executivo
Sustainable Development Objectives (ODS): 16. Paz, justiça e instituições eficazes - Promover sociedades pacíficas e inclusivas par ao desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis.
metadata.dc.description.additional: ISSN Impresso: 0034-9240
ISSN Eletrônico: 2357-8017
URI: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/7534
Appears in Collections:Revista do Serviço Público: de 2021 a atual
Files in This Item:


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.