Title: gLOCAL Week: Painel Economia Comportamental e Avaliação de Políticas Públicas
Authors: Campos Filho, Antonio Claret (Organizador)
Ávila, Flávia
Paiva, Luis Henrique
Horta, Ricardo Lins
Publisher: CLEAR Initiative
Escola Nacional de Administração Pública (Enap)
Endereço Eletrônico: https://youtu.be/50BTnc98t48
Language: Idioma::Português:portuguese:pt
Country: País::BR:Brasil
metadata.dc.type: Apresentação/Slides
metadata.dc.description.physical: Apresentação Antonio Claret Campos Filho, 30 páginas
Apresentação Luis Henrique Paiva, 20 páginas
Apresentação Ricardo Lins Horta, 24 páginas
Apresentação Flávia Ávila, 36 páginas
Issue Date: 4-Jun-2020
metadata.dc.rights.holder: Escola Nacional de Administração Pública (Enap)
metadata.dc.rights.license: Termo::Autorização: O autor da obra autorizou a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) a disponibilizá-la, em Acesso Aberto, no portal da ENAP, na Biblioteca Graciliano Ramos e no Repositório Institucional da ENAP. Atenção: essa autorização é válida apenas para a obra em seu formato original.
Classificação Temática: Inovação
Políticas Públicas
Abstract: O painel tratou de um tema de crescente destaque para governos e organismos internacionais: a aplicação de ciências comportamentais para o aprimoramento de políticas públicas. Trata-se de ampliar a compreensão do processo decisório humano para além do modelo do agente racional e de explorar suas implicações nas diferentes etapas do ciclo das políticas, em particular na avaliação. O modelo do agente racional gozou de inconteste primazia como o modelo de tomada de decisão na economia. Tal modelo foi extrapolado para diversos campos da vida social (BECKER, 1976), e também serviu como paradigma para a análise de políticas públicas. A incorporação de evidências e metodologias oriundas das ciências comportamentais (em particular da psicologia cognitiva e social) ao modo como compreendemos o processo das políticas públicas tem recebido pronunciada atenção nos últimos anos, tanto na academia como entre policy-makers. Organismos internacionais destacaram em relatórios recentes (Banco Mundial 2015, 2019; União Europeia, 2016; OECD 2017, 2018, 2019) a oportunidade de apropriar-se desse instrumental tanto para melhor compreender os desafios colocados para as políticas públicas como para ampliar o leque de alternativas disponíveis para enfrentá-los. Diversos países, seguindo a experiência pioneira do Reino Unido, instituíram unidades ou grupos com o objetivo de aplicar insights comportamentais a desafios específicos de políticas públicas. No Brasil, o tema vem sendo tratado no contexto acadêmico há alguns anos, em especial em institutos de economia e de psicologia. Também foram desenvolvidas algumas iniciativas esparsas de incorporação das ciências comportamentais em organizações públicas como a CVM, a Prefeitura do Rio de Janeiro e Enap, segundo registro feito pela OCDE. O pano de fundo para nossa discussão é apresentar como as lentes oferecidas pelas ciências comportamentais têm sido empregadas para aguçar nossa percepção sobre os problemas tratados pelas políticas públicas e para ampliar o leque de alternativas de intervenção, seja pelo uso de novos instrumentos, seja pela calibragem dos instrumentos tradicionais (como incentivos, regulação e informação). A partir desse referencial, a proposta deste Painel é abordar dois aspectos complementares dessa discussão: (i) a ênfase dada pela abordagem das ciências comportamentais na testagem rigorosa das intervenções e seu diálogo com a agenda das políticas informadas por evidências; (ii) as contribuições que a abordagem das ciências comportamentais pode trazer para a compreensão e a prática do processo avaliativo em políticas públicas.
Keywords: ciências comportamentais;  políticas públicas;  ciclo de políticas públicas;  avaliação de políticas públicas;  uso de evidências
Sustainable Development Objectives (ODS): 16. Paz, justiça e instituições eficazes - Promover sociedades pacíficas e inclusivas par ao desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis.
metadata.dc.description.additional: O Painel integrou a programação da gLOCAL Week, promovida pela CLEAR Initiative (https://www.theclearinitiative.org). Durante a semana, foram organizados cerca de 250 eventos ao redor do mundo, em parceria com organizações públicas, privadas e acadêmicas interessadas em produzir, utilizar e promover o uso de avaliações de políticas públicas. O Painel foi realizado no dia 04 de junho, das 15h às 17h30, por meio da plataforma ZOOM. Foram feitas 194 inscriçõespela página https://www.glocalevalweek.org/pt-pt/event-detail/882. O Painel pelo foi também transmitido pelo canal YouTube da Enap e está disponível em: https://youtu.be/50BTnc98t48
URI: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/5069
Appears in Collections:Fóruns, Encontros e Palestras
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Apresentação CLARET - Painel Economia comportamental e avaliação 2020gLOCAL-PPT.pdfPainel Economia comportamental e avaliação de políticas públicas1,27 MBAdobe PDF Thumbnail
View/Open
CLEAR gLOCAL 2020 - Luis Henrique Paiva.pdfEconomia comportamental, desenho e avaliação de políticas públicas959,65 kBAdobe PDF Thumbnail
View/Open
Apresentação 2020 gLOCAL - Ricardo Horta - 04_06.pdfO que os métodos da abordagem comportamental podem ensinar para a prática da avaliação em políticas públicas?3,32 MBAdobe PDF Thumbnail
View/Open
Apresentação 2020 gLOCAL - Flávia Ávila - 04_06_compressed.pdfCiências comportamentais: aprendizados e desafios no desenho, execução e geração de evidências empíricas por meio de experimento2,22 MBAdobe PDF Thumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.