Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/1822
Title: Quando o Conselho de Política Pública é um espaço para a governabilidade? Gestão administrativa e apoio político a partir do espaço do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente
Authors: Nascimento, Anderson Rafael
Publisher: Escola Nacional de Administração Pública (Enap)
Revista do Serviço Público (RSP)
Endereço Eletrônico: http://seer.enap.gov.br/index.php/RSP/article/view/625/507
Language: Idioma::Português:portuguese:pt
Country: País::BR:Brasil
metadata.dc.type: Artigo
metadata.dc.description.physical: Revista do Serviço Público - RSP, v. 65, n. 3, p. 269-295
Issue Date: Jul-2014
metadata.dc.rights.holder: Escola Nacional de Administração Pública (Enap)
metadata.dc.rights.license: Termo::Creative Commons - Uso Não Comercial (by-nc)::Esta licença permite que outros remixem, adaptem, e criem obras derivadas sobre a obra licenciada, sendo vedado o uso com fins comerciais. As novas obras devem conter menção ao autor nos créditos e também não podem ser usadas com fins comerciais, porém as obras derivadas não precisam ser licenciadas sob os mesmos termos desta licença. Fonte: http://creativecommons.org.br/as-licencas/
Classificação Temática: Participação social. Contrato Social
Políticas Públicas e Sociais
Abstract: As investigações sobre a efetividade dos conselhos de políticas públicas encontram terreno fértil no contexto pós-constituinte. Este artigo cultiva esse terreno, na medida em que explora a ideia de governabilidade e o papel das instâncias participativas. Para isso, governabilidade é entendida “como condições institucionais para a legitimidade do Estado” (NOGUEIRA, 2001). A partir de um olhar institucionalista histórico, será analisado o processo de desenvolvimento das políticas públicas e a atuação do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente. Serão consideradas três fases representadas pela produção do conselho e os planos aprovados por ele. Constata-se que essa instância foi responsável pela manutenção de agendas históricas. Em relação a elas, os atores componentes do conselho, representantes da comunidade de política, conseguem conciliar propostas para a gestão administrativa, mas principalmente fortalecem apoios políticos para essas propostas, aspectos fundamentais para as condições institucionais da legitimidade do Estado.
Las investigaciones sobre la eficacia de la Junta de Política Pública encontraron terreno fértil en el contexto post-constitucional. Este artículo cultiva tal campo de interés, en la medida que explora la idea de la gobernanza y el papel de los órganos de participación. Con este fin, la gobernanza se entiende “como las condiciones institucionales para la legitimidad del Estado” (NOGUEIRA, 2001). Desde una mirada histórica institucionalista, se analizará el proceso de desarrollo de políticas públicas y el funcionamiento del Consejo Nacional por los Derechos de la Infancia y la Adolescencia. Se consideraron tres fases representadas por la producción del Consejo y de los planes aprobados por él. Parece que este ambiente fue responsable por el mantenimiento de las agendas históricas. Comparado con ellos, el Consejo de los componentes de los actores, representantes de la política comunitaria, logró conciliar las propuestas de gestión administrativa, pero sobre todo fortalecer el apoyo político a las propuestas, los aspectos fundamentales de las condiciones institucionales de la legitimidad del Estado.
Investigations on the effectiveness of the Council of Public Policy have found fertile ground in the post-constitutional context. This paper explores the idea of governance and the role of participatory institutions. In this context, governance is understood “as the institutional conditions for the legitimacy of the state” (Nogueira, 2001). The development of the process of public policy and performance of the National Council for the Rights of Children and Adolescents will be analyzed from a Historical Institutional view. Three phases represented by the production of the Council and approved plans for it will be taken into consideration. It appears that this instance was responsible for maintaining the historical agendas. In relation to these historical agendas, the players from the Council, who represent the Community Policy, manage to combine proposals for administrative management with political support. Both aspects, especially the latter, create the institutional conditions for the legitimacy of the state.
Keywords: participação;  democracia;  políticas públicas;  governabilidade;  direito do menor;  gobernanza;  participación;  derechos del menor;  governance;  public policy;  participation;  democracy;  rights of childhood and adolescence
metadata.dc.description.additional: ISSN Impresso: 0034-9240 ISSN Eletrônico: 2357-8017
URI: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/1822
Appears in Collections:Revista do Serviço Público: de 2011 a atual

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
625-2129-1-PB (1).pdf201,63 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.