Title: A política da reforma do Estado: um exame de abordagens teóricas
Authors: Kaufman, Robert R.
Publisher: Escola Nacional de Administração Pública (ENAP)
Revista do Serviço Público (RSP)
Endereço Eletrônico: http://seer.enap.gov.br/index.php/RSP/article/download/359/366
Language: Idioma::Português:portuguese:pt
Country: País::BR:Brasil
metadata.dc.type: Artigo
metadata.dc.description.physical: Número padronizado: v. 49, n. 1 (1998) Revista do Serviço Público - RSP, ano 49, n. 1, p. 43-69
Issue Date: Jan-1998
metadata.dc.rights.holder: Escola Nacional de Administração Pública (ENAP)
metadata.dc.rights.license: Termo::Licença Padrão ENAP::É permitida a reprodução e a exibição para uso educacional ou informativo, desde que respeitado o crédito ao autor original e citada a fonte (http://www.enap.gov.br). Permitida a inclusão da obra em Repositórios ou Portais de Acesso Aberto, desde que fique claro para os usuários esses “termos de uso” e quem é o detentor dos direitos autorais, a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). Proibido o uso comercial. Permitida a criação de obras derivadas, desde que respeitado o crédito ao autor original. Essa licença é compatível com a Licença Creative Commons (by-nc-sa).
Classificação Temática: Administração Pública
Modernização. Reforma Administrativa
Abstract: O artigo aborda a contribuição de três diferentes perspectivas teóricas — o institucionalismo da economia política (IEP), o institucionalismo da escolha racional (IER) e o institucionalismo da sociologia (IS) — para a compreensão dos desdobramentos da organização estatal e das políticas de reforma do aparelho do Estado. Tais perspectivas são complementares ou excludentes, mas cada uma oferece explicações diferentes sobre atores, preferências e dificuldades a serem enfrentadas. O texto explica algumas das hipóteses sobre reforma do Estado, contidas em cada perspectiva, observando as suas vantagens e limitações, e fornece também uma avaliação preliminar da relevância teórica de cada uma para a pesquisa empírica na América Latina e Europa Oriental.
El artículo trata de la contribución de tres diferentes perspectivas teóricas — el institucionalismo de la economia política (IEP), el institucionalismo de la opción racional (IER), y el institucionalismo de la sociología (IS) — para la comprensión de los desdoblamientos de la organización estatal y de las políticas de reforma del aparato del Estado. Tales perspectivas son complementares o excluyentes, pero cada cual ofrece explicaciones diferentes sobre actores, preferencias y dificultades a afrontarse. El texto explica algunas de las hipótesis sobre la reforma del Estado, contenidas en cada perspectiva, observando sus ventajas y limitaciones y también provee una evaluación preliminar del relieve teórico de cada cual para la investigación empírica en América Latina y Europa Oriental.
The paper approaches contributions of three different theoretical perspectives - the political economic institutional approach (IPE), the institutional approach of rational choice (IRC) and the sociological institutional approach (IS) — for understanding the branching of the state organisation and the policies for the State apparatus reform. Such perspectives are complementary or excluding, but each of them offers different explanations about authors, preferences and difficulties to be faced. The text explains some of the hypotheses about State reform within each perspective, observing their advantages and shortcomings and also provides a preliminary evaluation of the theoretical relevance of each one for the empirical research in Latin America and Eastern Europe.
Keywords: reforma do Estado;  institucionalismo da economia política;  institucionalismo da escolha racional;  institucionalismo da sociologia;  democracia;  burocracia
Target: O artigo objetiva descrever a contribuição de três diferentes perspectivas teóricas — o institucionalismo da economia política (IEP), o institucionalismo da escolha racional (IER) e o institucionalismo da sociologia (IS) — para a compreensão dos desdobramentos da organização estatal e das políticas de reforma do aparelho do Estado
Target Audience: servidores públicos e sociedade brasileira
metadata.dc.description.additional: ISSN impresso: 0034-9240
ISSN eletrônico: 2357-8017
URI: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/1488
Appears in Collections:Revista do Serviço Público: de 1991 a 2000
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1998 Vol.49,n.1 Kaufman.pdf68,92 kBAdobe PDF Thumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.