Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/1472
Title: Gestão do conhecimento em organizações públicas de saúde no Brasil: diagnóstico de práticas
Authors: Rosenberg, Gerson
Ohayon, Pierre
Batista, Fábio Ferreira
Publisher: Revista do Serviço Público (RSP)
Escola Nacional de Administração Pública (ENAP)
Endereço Eletrônico: http://seer.enap.gov.br/index.php/RSP/article/view/139/144
Language: Idioma::Português:portuguese:pt
Country: País::BR:Brasil
metadata.dc.type: Artigo
metadata.dc.description.physical: Revista do Serviço Público - RSP, v. 59, n. 1, p. 43-60
Issue Date: Jan-2008
metadata.dc.rights.holder: Escola Nacional de Administração Pública (ENAP)
metadata.dc.rights.license: Termo::Licença Padrão ENAP::É permitida a reprodução e a exibição para uso educacional ou informativo, desde que respeitado o crédito ao autor original e citada a fonte (http://www.enap.gov.br). Permitida a inclusão da obra em Repositórios ou Portais de Acesso Aberto, desde que fique claro para os usuários esses “termos de uso” e quem é o detentor dos direitos autorais, a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). Proibido o uso comercial. Permitida a criação de obras derivadas, desde que respeitado o crédito ao autor original. Essa licença é compatível com a Licença Creative Commons (by-nc-sa).
Classificação Temática: Administração Pública
Gestão do Conhecimento
Abstract: As organizações públicas e privadas vivem diante de um cenário complexo, em que os fatores econômicos e sociais de alcance mundial são responsáveis pela sua reestruturação. Nesse contexto, a Gestão do Conhecimento (GC) se torna um valioso instrumento estratégico para a vida das pessoas e das organizações a que pertencem. A criação e a implantação de processos que gerem, armazenem, gerenciem e disseminem o conhecimento representam o mais novo desafio a ser enfrentado pelas organizações. O estudo realizado junto a Centros de Pesquisa Clínica (unidades vinculadas principalmente a Hospitais Universitários) e organizações públicas de saúde integrantes do Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização (GESPÚBLICA) tem como objetivo verificar como o tema GC está sendo tratado. O artigo identifica as práticas de GC empregadas pelas organizações de saúde abrangidas pelo estudo e sugere recomendações para uma disseminação mais eficaz do Modelo de Excelência em Gestão Pública.
Las organizaciones públicas y privadas enfrentan un complejo escenario donde factores económicos y sociales, de alcance mundial, son directamente responsables por su reestructuración. Dentro de este contexto, la Gestión del Conocimiento (GC) se presenta como un valioso instrumento estratégico para la vida de las personas y de las organizaciones de las cuales hacen parte. La creación e implantación de procesos que generen, archiven, gerencien y diseminen el conocimiento, representan el más reciente desafío a ser enfrentado por las mismas. El estudio realizado junto a diferentes Centros de Investigación Clínica (unidades principalmente vinculadas a Hospitales Universitarios) y organizaciones públicas de salud que hacen parte del Programa Nacional de Gestión Pública y Desburocratización (GESPÚBLICA), tiene como objetivo, verificar como el tema GC está siendo tratado. El artículo identifica las prácticas de GC utilizadas por las organizaciones de salud abarcadas en el estudio y realiza recomendaciones para una diseminación más eficaz del Modelo de Excelencia en Gestión Pública.
The public and private organizations are in complex scenario, where the economical and social global factors are responsible for their restructuring. In this context, Knowledge Management (KM) becomes an important strategic instrument for the people’s life and organizations to which they belong. The creation and implantation of processes which generate, store, manage and disseminate knowledge represent the most recent challenge for the organizations. The study carried out in Clinical Research Centers (units linked mainly to University Hospitals) and public health organizations, joined in the National Program of Public Administration in Brazil (GESPÚBLICA), has as objective to verify how KM is being employed. In this article, KM practices used by the health organizations considered in the study are identified. Finally, recommendations are given for a more effective dissemination of the Model of Excellency for Public Administration.
Keywords: gestão do conhecimento;  gestão pública;  difusão do conhecimento;  setor público;  saúde
Target Audience: Servidores públicos
Especialistas e interessados em políticas públicas e gestão governamental
metadata.dc.description.additional: ISSN Impresso: 0034-9240
ISSN Eletrônico: 2357-8017
URI: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/1472
Appears in Collections:Revista do Serviço Público: de 2001 a 2010

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008 Vol.59,n.1 Rosemberg.pdf163,57 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.