Título: O servidor público brasileiro: uma tipologia da burocracia
Autor(es): Oliveira, Clarice Gomes de
Editor: Revista do Serviço Público (RSP)
Escola Nacional de Administração Pública (ENAP)
Endereço Eletrônico: http://seer.enap.gov.br/index.php/RSP/article/view/175/180
Idioma: Idioma::Português:portuguese:pt
País: País::BR:Brasil
Tipo: Artigo
Extensão/Indicação de Série: Revista do Serviço Público - RSP, v. 58, n. 3, p. 269-302
Data: Jul-2007
Detentor dos direitos autorais: Escola Nacional de Administração Pública (ENAP)
Termos de uso: Termo::Licença Padrão ENAP::É permitida a reprodução e a exibição para uso educacional ou informativo, desde que respeitado o crédito ao autor original e citada a fonte (http://www.enap.gov.br). Permitida a inclusão da obra em Repositórios ou Portais de Acesso Aberto, desde que fique claro para os usuários esses “termos de uso” e quem é o detentor dos direitos autorais, a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). Proibido o uso comercial. Permitida a criação de obras derivadas, desde que respeitado o crédito ao autor original. Essa licença é compatível com a Licença Creative Commons (by-nc-sa).
Classificação Temática: Administração Pública
Resumo: As teorias sobre a burocracia governamental e seu comportamento fornecem diferentes abordagens teóricas e diferentes interpretações. A partir da tipologia de agentes burocráticos criada por Anthony Downs (1967), esse trabalho analisa os servidores públicos federais brasileiros e sua postura face ao trabalho. Com a aplicação de questionários a um grupo de servidores, buscou-se verificar a existência e/ou pertinência dos tipos descritos como alpinistas, conservadores, defensores, militantes e homens de Estado. Os dados obtidos foram tratados pela técnica de análise de aglomerados. Os resultados encontrados apontam que a tipologia possui limites fluidos entre um perfil de burocrata e outro, acenando para a necessidade de se repensar as concepções sobre a burocracia governamental e aprofundar os estudos.
Las teorías acerca de la burocracia su comportamiento proveen diversas interpretaciones. Este trabajo analiza los servidores públicos federales brasileños y su relación con el trabajo empleando la tipología de los agentes burocráticos creada por Anthony Downs (1967). Con la aplicación de sondeos a un grupo de servidores, se buscó comprobar la existencia de los tipos descritos como escaladores, conservadores, defensores, militantes y hombres del estado. Los resultados señalan características de la burocracia diferentes da concepción de Downs.
The behavior of bureaucrats has been studied by several theoretical approaches. This paper builds on Downs’ typology of bureaucratic officials (climbers, conservers, advocates, zealots and statesmen) to analyze Brazilian public servants. Questionnaires were applied in order to verify the existence of the typology. Collected data were categorized using cluster analysis. The results show that the division between the bureaucratic profiles is not clear. The obtained clusters reveal characteristics of different bureaucratic roles that were not predicted by Downs.
Palavras-chave: servidor público;  burocracia;  burocrata;  administração pública;  burocracia governamental
Público alvo: Servidores públicos
Especialistas e interessados em políticas públicas e gestão governamental
Observações/Notas: ISSN Impresso: 0034-9240
ISSN Eletrônico: 2357-8017
URI: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/1464
Aparece nas coleções:Revista do Serviço Público: de 2001 a 2010
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2007 Vol.58,n.3 Oliveira.pdf267,25 kBAdobe PDF Thumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens da Biblioteca Digital são de acesso aberto para uso não comercial, desde que citada a autoria e a fonte. Salvo quando outras restrições estiverem expressas no termo de uso.