Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/1336
Title: A modernização do estado e a gerência pública
Authors: Tohá, Carolina
Solari, Ricardo
Publisher: Escola Nacional de Administração Pública (ENAP)
Revista do Serviço Público (RSP)
Endereço Eletrônico: http://seer.enap.gov.br/index.php/RSP/article/view/390/396
Language: Idioma::Português:portuguese:pt
Country: País::BR:Brasil
metadata.dc.type: Artigo
metadata.dc.description.physical: Número padronizado: v. 48, n. 3 (1997) Revista do Serviço Público - RSP, ano 48, n. 3, p. 84-103
Issue Date: Sep-1997
metadata.dc.rights.holder: Escola Nacional de Administração Pública (ENAP)
metadata.dc.rights.license: Termo::Licença Padrão ENAP::É permitida a reprodução e a exibição para uso educacional ou informativo, desde que respeitado o crédito ao autor original e citada a fonte (http://www.enap.gov.br). Permitida a inclusão da obra em Repositórios ou Portais de Acesso Aberto, desde que fique claro para os usuários esses “termos de uso” e quem é o detentor dos direitos autorais, a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). Proibido o uso comercial. Permitida a criação de obras derivadas, desde que respeitado o crédito ao autor original. Essa licença é compatível com a Licença Creative Commons (by-nc-sa).
Classificação Temática: Administração Pública
Modernização. Reforma Administrativa
Abstract: O artigo analisa a problemática da modernização do Estado vista como um processo de constituição de cidadania e de otimização dos recursos públicos. Os autores focalizam, por um lado, o atendimento aos usuários, a qualidade dos serviços e a transparência. Por outro lado, a incorporação de técnicas de gestão avançadas é considerada indispensável para o aumento da eficácia e da eficiência no setor público. Os principais problemas discutidos no artigo incluem: racionalidade do setor público racionalidade das empresas privadas; incentivos e motivação dos servidores públicos; rigidez dos procedimentos administrativos; margem de decisão dos gestores; sistemas de acesso a informação; importância da gestão de pessoal e da valorização do trabalho no setor público; papel dos gerentes na modernização das instituições públicas; cargos de carreira, cargos de confiança; mecanismos de recrutamento e retenção e sistemas de capacitação dos servidores públicos. Os autores concluem que, devido às inovações constantes em matéria de gerência pública, não existe hoje um perfil gerencial definitivo como resposta às necessidades do Estado. Pelo contrário, o que se observa é uma crescente complexidade da gestão pública que continuará oscilando entre a política e a tecnocracia, entre a maior flexibilidade e as exigências de controle, entre a adoção das técnicas de gestão e a recuperação da tradição administrativa e a cultura da função pública.
El artículo analiza la problemática de la modernización del Estado que se asume como un proceso de constitución de ciudadanía y de optimización de los recursos públicos. El foco está, por una parte, en la satisfacción de los usuarios, la calidad de los servicios y la promoción del escrutinio público y la transparencia. Por otra parte, la incorporación de técnicas de gestión más avanzadas es considerada como indispensable para dar más eficacia y eficiencia al sector público. Los principales problemas discutidos en el artículo incluyen: racionalidad del sector público vs. racionalidad de las empresas privadas; incentivos y motivación del funcionariado; rigidez de los procedimientos administrativos; espacio de decisión de los gestores; sistemas de acceso a la información; importancia de la gestión de personal y de la valorización del trabajo en el sector público; rol de los gerentes en la modernización de las instituciones públicas; combinación entre cargos de carrera y de confianza; mecanismos de reclutamiento y retención y sistemas de capacitación de los funcionarios públicos. Los autores llegan a la conclusión de que, debido a la velocidad con que acontecen e se sobreponen las innovaciones en materia de gerencia pública, ya no existe un perfil gerencial definitivo como respuesta a las necesidades del Estado. Por el contrario, se observa una creciente complejidad de la gestión pública, que continuará oscilando entre la política y la tecnocracia, entre la mayor flexibilidad y las necesidades de control, entre la mayor cercanía con las técnicas de gestión y la recuperación de la tradición administrativa y la cultura de la función pública.
The article analyses the problem of State modernization, considered hereby as a process of citizenship constitution and optimum use of public resources. On the one hand, the authors focus attention on services to the citizen, public services quality and fairness. On the other hand, the incorporation of advanced managerial techniques is seen as a need aimed at increasing the effectiveness and efficiency of the public sector. A number of issues of the State reform agenda are addressed, including: civil service rationality versus private enterprise rationality; incentive structures and civil servants motivation; unflexible administrative procedures and regulations; narrow decision-making autonomy of the public managers; public consulting; stress on personnal management and work satisfaction; role of the public managers in modernizing public institutions; career officials versus political appointees; recruitment, hiring and discharge of personnal and training systems for the civil service. The authors argue that, due to the constant innovation in matter of public management, it is quite impossible to draw a sharply defined profile of the public manager as a solution to the State problems. On the contrary, a lot of complexities surrounding the issue of the public management are recognized and it is supposed to keep swinging between politics and technocracy, between greater flexibility of the system and control requirements, between the implementation of managerial techniques and the regain of administrative traditions and civil service culture.
Keywords: cidadania;  transparência;  complexidade;  modernização do estado;  atendimento ao usuário;  qualidade do serviço;  motivação;  capacitação;  servidor público
Target: O artigo objetiva analisar a problemática da modernização do estado vista como um processo de constituição de cidadania e de otimização dos recursos públicos, focalizando, por um lado, o atendimento aos usuários, a qualidade dos serviços e a transparência; e, por outro, a incorporação de técnicas de gestão avançadas é considerada indispensável para o aumento da eficácia e da eficiência no setor público
Target Audience: servidores públicos e sociedade brasileira
metadata.dc.description.additional: ISSN impresso:0034-9240
ISSN eletrônico:2357-8017
URI: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/1336
Appears in Collections:Revista do Serviço Público: de 1991 a 2000

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1997 vol.48,n.3 Tohá e Solari.pdf45,34 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.