Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/1311
Title: Carreiras públicas em uma ordem democrática: entre os modelos burocrático e gerencial
Authors: Azevedo, Clovis Bueno de
Loureiro, Maria Rita
Publisher: Escola Nacional de Administração Pública (ENAP)
Revista do Serviço Público (RSP)
Endereço Eletrônico: http://seer.enap.gov.br/index.php/RSP/article/view/261/266
Language: Idioma::Português:portuguese:pt
Country: País::BR:Brasil
metadata.dc.type: Artigo
metadata.dc.description.physical: Número padronizado: v. 54, n. 1 (2003) Revista do Serviço Público - RSP, ano 54, n. 1, p. 47-61
Issue Date: Jan-2003
metadata.dc.rights.holder: Escola Nacional de Administração Pública (ENAP)
metadata.dc.rights.license: Termo::Licença Padrão ENAP::É permitida a reprodução e a exibição para uso educacional ou informativo, desde que respeitado o crédito ao autor original e citada a fonte (http://www.enap.gov.br). Permitida a inclusão da obra em Repositórios ou Portais de Acesso Aberto, desde que fique claro para os usuários esses “termos de uso” e quem é o detentor dos direitos autorais, a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). Proibido o uso comercial. Permitida a criação de obras derivadas, desde que respeitado o crédito ao autor original. Essa licença é compatível com a Licença Creative Commons (by-nc-sa).
Classificação Temática: Administração Pública
Abstract: Refletindo sobre modelo de carreira mais adequado para a Administração Pública nesta era de economia globalizada e de maiores exigências de eficiência e flexibilidade na gestão dos aparatos governamentais, questiona-se aqui a idéia de que o modelo burocrático deva ser substituído pelo modelo gerencial. Considerando essa idéia apenas parcialmente verdadeira, nossa argumentação vai na seguinte direção: como a burocracia é a forma específica de organização do aparato administrativo do Estado de Direito, este modelo não pode ser rejeitado, sob pena de comprometimento desse Estado. Mas ele precisa ser flexibilizado, superando e reduzindo o formalismo excessivo e a rigidez que sua realização histórica possa ter gerado nos diferentes países. Igualmente, deve ser aperfeiçoado em seus mecanismos de controle, até como condição para sua manutenção eficaz nos governos democráticos contemporâneos.
Cuando se reflexiona sobre modelo de carrera más adecuado para la Administración Pública en estas épocas de economía globalizada y de mayores exigencias de eficiencia y flexibilidad en la gestión de aparatos del gobierno, se pregunta sobre que la idea de que el modelo burocrático deba ser sustituido por el modelo gerencial. Si consideramos esta idea en parte verdadera, nuestra contestación es que cómo la burocracia es la forma específica de organización del aparato administrativo del Estado de Derecho, no se puede rechazar este modelo, por poder comprometer este Estado. Él necesita volverse flexible para superar y reducir la excesiva formalidad y la rigidez que su historia pueda haber creado en diferentes países. También debe mejorar sus mecanismos de control, incluso como condición para su eficiente manutención en los gobiernos democráticos contemporáneos.
When you think of a more appropriate career model for the public administration in an era of global economy with high requirements for efficiency and flexibility in the management of the governmental apparatus you should reconsider the idea the bureaucratic model should be replaced by the managerial model. If we consider this idea partially true, the argumentation takes the following direction: once the bureaucracy is the specific nature of the administrative apparatus organization for the law state, this model cannot be rejected because it can compromise the state itself. The bureaucratic model needs to be not only made more flexible to overcome and reduce the excessive formalism and the rigidity that its historical events maybe caused in different countries but also improved in control mechanisms, even as a condition to its efficient support to contemporary democratic governments.
Keywords: gestão pública;  administração pública;  modelo burocrático
Target: Este artigo tem como objetivo questionar a ideia de que o modelo burocrático deva ser substituído pelo modelo gerencial.
Target Audience: Servidores públicos
Especialistas e interessados em políticas pública e gestão governamental
metadata.dc.description.additional: ISSN Impresso: 0034-9240
ISSN Eletrônico: 2357-8017
URI: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/1311
Appears in Collections:Revista do Serviço Público: de 2001 a 2010

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2003 Vol.54,n.1 Azevedo e Loureiro.pdf44,36 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.