Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/3088
Título: A inserção de municípios gaúchos no programa nacional de reestruturação e aparelhagem da rede escolar pública de educação infantil (PROINFANCIA) e seus fatores condicionantes
Autor(es): Schabbach, Letícia Maria
Ramos, Marília Patta
Editor: Escola Nacional de Administração Pública (Enap)
Endereço Eletrônico: https://revista.enap.gov.br/index.php/RSP/article/view/1058
Idioma: Idioma::Português:portuguese:pt
País: País::BR:Brasil
Tipo: Artigo
Descrição física: Número de páginas: 27 p.
Data: Jun-2017
Detentor dos direitos autorais: Escola Nacional de Administração Pública (Enap)
Termos de uso: Termo::Creative Commons - Uso Não Comercial (by-nc): Esta licença permite que outros remixem, adaptem, e criem obras derivadas sobre a obra licenciada, sendo vedado o uso com fins comerciais. As novas obras devem conter menção ao autor nos créditos e também não podem ser usadas com fins comerciais, porém as obras derivadas não precisam ser licenciadas sob os mesmos termos desta licença. Fonte: http://creativecommons.org.br/as-licencas/
Classificação Temática: Educação
Políticas Públicas e Sociais
Relações Intergovernamentais
Resumo: O estudo examina fatores explicativos da adesão dos municípios gaúchos ao Programa Nacional de Reestruturação e Aparelhagem da Rede Escolar Pública de Educação Infantil (PROINFÂNCIA), instituído pelo Governo Federal em 2007. Por meio de regressão logística envolvendo dados secundários foram testados estatisticamente os seguintes aspectos como explicativos para adesão: a) se o programa está sendo implantado em espaços sociais com maior demanda e menor oferta em educação infantil; b) se as desigualdades municipais pesam na participação (ou não) das prefeituras; c) como a implementação do PROINFANCIA intensifica ou altera as relações entre os entes federados e suas competências no âmbito da educação infantil. Verificou-se que a adesão dos municípios do Rio Grande do Sul ao programa PROINFANCIA e a estratégia federal de indução, no período 2007 a 2009, foram mais efetivas nas prefeituras administradas por partidos de esquerda. Além disto, houve maior adesão dos municípios menos industrializado
Palavras-chave: educação infantil;  política educacional;  políticas públicas;  implementação;  relações intergovernamentais;  desigualdade regional
Observações/Notas: ISSN eletrônico: 2357-8017 ISSN impresso: 0034-9240
URI: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/3088
Aparece nas coleções:Revista do Serviço Público: de 2011 a atual

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
A inserção de municípios gaúchos no programa nacional de reestruturação e aparelhagem da rede escolar pública de educação infantil (PROINFANCIA) e seus fatores condicionantes.pdfA inserção de municípios gaúchos no programa nacional de reestruturação e aparelhagem da rede escolar pública de educação infantil (PROINFANCIA) e seus fatores condicionantes905,05 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir