Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/2943
Título: É possível uma gestão pública de governança transnacional no século 21?
Autor(es): Costa, Maria Alice Nunes

Ramos, Wagner dos Santos

Pereira Filho, José Eduardo

Silva, Daniela Juliano

Menezes, Mariana Devezas de
Resumo: Este artigo tem por objetivo trazer uma reflexão sobre o dilema da implantação e do desenvolvimento de uma gestão pública de Governança transnacional para o século XXI. Esse dilema se refere às futuras escolhas econômicas e políticas sustentáveis ao bem estar do Planeta, da coletividade, dos seres urbanos e dos indivíduos. Reconhecemos as dificuldades práticas de se instituir uma governança a nível transnacional. Contudo, somente uma discussão nesta escala poderá superar as limitações que invocam a noção de soberania nacional como instância monística, na resolução dos problemas sociais que são de amplitude e similaridade global. Elaboramos uma breve trajetória histórica do papel do Estado na modernidade ocidental e apresentamos alguns desafios para o atual cenário da gestão pública. A ideia é propor a superação da polarização entre responsabilidade individual e a responsabilidade coletiva capturada pelo Estado, típica do pensamento moderno. Tentamos, por meio de uma imaginação epistemológica, desconstruir as antigas concepções de Nação e da percepção de soberania, para alcançarmos uma proposta exequível de gestão pública direcionada a ações coletivas de governança transnacional, próprias para o século XXI.
Palavras-chave: administração pública;  governança;  gestão de políticas públicas;  poder;  relações internacionais;  direito internacional público
Data: Dez-2016
Descrição física: Revista do Serviço Público - RSP, v. 67, ed. especial, 29-58 p.
Observações/Notas: ISSN eletrônico: 2357-8017

ISSN impresso: 0034-9240
Tipo: Artigo
Detentor dos direitos autorais: Escola Nacional de Administração Pública (Enap)
Termos de uso: Termo::Creative Commons - Uso Não Comercial (by-nc): Esta licença permite que outros remixem, adaptem, e criem obras derivadas sobre a obra licenciada, sendo vedado o uso com fins comerciais. As novas obras devem conter menção ao autor nos créditos e também não podem ser usadas com fins comerciais, porém as obras derivadas não precisam ser licenciadas sob os mesmos termos desta licença. Fonte: http://creativecommons.org.br/as-licencas/
URI: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/2943
Aparece nas coleções:Revista do Serviço Público: de 2011 a atual

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Revista Serviço Público Brasília 67 (Especial) 29-58 2016.pdf790,52 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir