Title: Relação do uso de plantas medicinais na produção de remédios caseiros com a sustentabilidade: uma revisão
Authors: Ghilardi, Thais Rodrigues
metadata.dc.contributor.other: Salemi, Luiz Felippe (Orientador)
Publisher: Escola Nacional de Administração Pública (Enap)
Language: Idioma::Português:portuguese:pt
Country: País::BR:Brasil
metadata.dc.type: Monografia/TCC
metadata.dc.description.physical: 19 páginas
Issue Date: Jul-2020
metadata.dc.rights.holder: Thais Rodrigues Ghilardi
metadata.dc.rights.license: Termo::Autorização: O autor da obra autorizou a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) a disponibilizá-la, em Acesso Aberto, no portal da ENAP, na Biblioteca Graciliano Ramos e no Repositório Institucional da ENAP. Atenção: essa autorização é válida apenas para a obra em seu formato original.
Classificação Temática: Meio Ambiente
Abstract: Este artigo científico consiste em uma revisão da literatura científica, buscando demonstrar que o uso de remédios caseiros pode trazer desenvolvimento sustentável. Foi usada a seguinte metodologia, na qual buscou-se responder três questões: (i) quais plantas medicinais mais utilizadas na medicina popular, (ii) para qual finalidade terapêutica elas são usadas e (iii) como o uso destas plantas medicinais na formulação de remédios caseiros pode trazer sustentabilidade. Esta pesquisa foi feita na base de dados virtuais Scientific Eletronic Library Online (SciELo). Foram encontrados dois artigos científicos que responderam às três questões em conjunto. As plantas mais utilizadas dependem da estrutura de cada comunidade, das necessidades ligadas à cultura, ambiente e doenças mais comuns. Estas plantas medicinais são cultivadas de forma orgânica pelas próprias comunidades, com este cultivo, os integrantes desta comunidade se tornam conscientes de sua vegetação, do uso das plantas de forma correta e eficaz, e assim, estas pessoas se desenvolvem socialmente e economicamente. Portanto, o uso das plantas medicinais na saúde local pode conduzir a um desenvolvimento sustentável com o cultivo orgânico das plantas medicinais, a inserção social daqueles que entendem da medicina popular e de suas comunidades e da acessibilidade desta medicina à sociedade.
Keywords: sustentabilidade;  plantas medicinais;  remédios caseiros;  meio ambiente
Target: Trabalho de Conclusão de Curso apresentado como parte dos requisitos para obtenção do grau de Especialista em Gestão de Políticas Ambientais.
Target Audience: Especialistas e interessados em Gestão de Políticas Ambientais.
metadata.dc.educational.context: 384 horas
Sustainable Development Objectives (ODS): 03. Saúde e bem-estar - Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades.;  15. Vida terrestre - Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da Terra e deter a perda da biodiversidade.
URI: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/5603
Appears in Collections:Especialização Enap - Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC)
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Thaís Ghilardi.pdfartigo principal521,41 kBAdobe PDF Thumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.