Title: Categoria Profissionais 1° Lugar: Gestão de custos em uma secretaria municipal de saúde da região central do estado do Rio Grande do Sul
Authors: Achterberg, Mariane Cristiane
Borges, Ana Paula Maneghetti (coautora)
Velasquez, Maria Dolores Pohlmann (coautora)
Publisher: Esaf
Language: Idioma::Português:portuguese:pt
Country: País::BR:Brasil
metadata.dc.type: Monografia/TCC
metadata.dc.description.physical: 17 páginas
Issue Date: 2010
metadata.dc.rights.holder: Mariane Cristiane Achterberg
metadata.dc.rights.license: Termo::Autorização: O autor da obra autorizou a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) a disponibilizá-la, em Acesso Aberto, no portal da ENAP, na Biblioteca Graciliano Ramos e no Repositório Institucional da ENAP. Atenção: essa autorização é válida apenas para a obra em seu formato original.
Classificação Temática: Orçamento e Finanças
Abstract: A realização da gestão de custos na área pública torna-se cada vez mais necessária, pois proporciona benefícios relacionados com a melhor aplicação de recursos. A pesquisa caracteriza um estudo de caso realizado na Secretaria de Saúde do município de Agudo/RS no período de 2007 com a finalidade de mostrar como a contabilidade de custos pode contribuir na gestão dos órgãos públicos. O método utilizado é o custeio baseado por atividades (ABC). Inicialmente, são descritas as atividades desenvolvidas nos setores operacionais e de serviços. Após, são calculados os gastos (custos e despesas) dos materiais, da mão de obra e os gastos (custos e despesas) diversos de cada procedimento. A seguir são alocados, por rateio, os custos dos setores de serviços aos setores operacionais obtendo-se o custo total de cada procedimento e o percentual que cada um absorve com relação ao custo total de manutenção. No setor operacional o maior custo refere-se à mão de obra onde as consultas médicas absorvem 36,81 % do custo total. Por outro lado, as consultas odontológicas consomem 18,41 % do custo total, porém com baixa demanda em relação ao seu custo, o que torna esse atendimento mais oneroso quando comparado à consulta médica. Em conseqüência, as consultas médicas receberam maior custo do setor de serviços. Entretanto, um elevado custo total não implica, necessariamente, num alto custo unitário. Dessa forma, comprova-se que as informações geradas pela contabilidade de custos podem contribuir para um melhor gerenciamento dos gastos e resultados dos procedimentos realizados na área de saúde municipal.
Keywords: custo;  contabilidade;  saúde pública;  municípios;  transferência de recursos
Target: Tema 1: Geração e utilização da informação de custos como indutora da qualidade do gasto público
Target Audience: monografia apresentada no Prêmio de Monografias da CGU (2005 a 2011)
Sustainable Development Objectives (ODS): 16. Paz, justiça e instituições eficazes - Promover sociedades pacíficas e inclusivas par ao desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis.
metadata.dc.description.additional: Texto publicado no Prêmio de Monografias da CGU (2005 a 2011)
URI: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/5470
Appears in Collections:Prêmio Chico Ribeiro Sobre Informações de Custos e Qualidade do Gasto no Setor Público
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1-lugar-profissionais.pdf348,23 kBAdobe PDF Thumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.