Título: Defesa da Concorrência Categoria Estudantes de Graduação 3º Lugar: Competição e concentração no setor bancário brasileiro atual: estrutura e evolução ao longo do tempo
Autor(es): Nasser, Arthur Abib Mattos
Editor: Esaf
Idioma: Idioma::Português:portuguese:pt
País: País::BR:Brasil
Tipo: Monografia/TCC
Extensão/Indicação de Série: 84 páginas
Data: 2008
Detentor dos direitos autorais: Arthur Abib Mattos Nasser
Termos de uso: Termo::Autorização: O autor da obra autorizou a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) a disponibilizá-la, em Acesso Aberto, no portal da ENAP, na Biblioteca Graciliano Ramos e no Repositório Institucional da ENAP. Atenção: essa autorização é válida apenas para a obra em seu formato original.
Classificação Temática: Orçamento e Finanças
Resumo: A presente monografia tem como objetivo investigar a estrutura do sistema bancário brasileiro atual, do período de junho de 2001 a dezembro de 2007, para tanto foi apresentada a evolução no Sistema Financeiro Nacional, seus instrumentos de reestruturação e de supervisão. Foi estimado o modelo de Panzar & Rosse para os 50 maiores bancos brasileiros durante o período citado a fim de descobrir em qual estrutura competitiva se insere a indústria bancária no Brasil. Avaliou-se a evolução de tal medida ao longo do período, de três maneiras diferentes, sendo que a primeira estima a competição anualmente durante os 14 semestres, a segunda, estima a competição com uma abordagem de mínimos quadrados recursivos e na terceira, chegou-se a uma análise mais formal com uma abordagem paramétrica na qual são incluídos coeficientes que dependam do tempo na equação a ser estimada. e constatou-se que o setor opera em uma estrutura de concorrência monopolista, e que a competição aumenta gradualmente no país ao longo do tempo. Para uma análise mais completa do setor, foram explicados e calculados empiricamente, para todos os bancos no Brasil e também para os conglomerados bancários durante o mesmo período, diversos graus de concentração utilizados na literatura existente, tais como: três razões de concentração bancária k (CRk), o Índice de Herfindahl-Hirschman (HHI), o índice Hannah e Kay (HKI), o índice de HallTideman (HTI), o índice de entropia de Theil (T) e o índice de Hause (Hm). Concluiuse que o grau de concentração no mercado brasileiro apresenta ligeira tendência de aumento. Por fim, foi estimado um modelo econométrico relacionando à competição e à concentração para os bancos no Brasil, chegando-se ao resultado esperado 3 segundo a teoria da Organização Industrial, que o aumento no grau de concentração diminui o nível de competição da indústria, no caso, a bancária.
Palavras-chave: concorrência;  sistema financeiro;  análise econômica;  direito econômico;  regulação
Objetivo: Monografia apresentada ao III Prêmio SEAE de monografias em defesa da concorrência e regulação econômica Monografias premiadas 2008
Público alvo: Especializado
Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS): 16. Paz, justiça e instituições eficazes - Promover sociedades pacíficas e inclusivas par ao desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis.
Observações/Notas: ISBN impresso 9788561200022.
Texto publicado no Prêmio SEAE de monografias em defesa da concorrência e regulação econômica
URI: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/5288
Aparece nas coleções:Prêmio SEAE - Secretaria de Acompanhamento Econômico (2006 A 2015)
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
3-lugar-tema-1-estudantes.pdf548,04 kBAdobe PDF Thumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens da Biblioteca Digital são de acesso aberto para uso não comercial, desde que citada a autoria e a fonte. Salvo quando outras restrições estiverem expressas no termo de uso.