Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/3379
Title: Qualidade de vida no trabalho (QVT) na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa): uma proposta contra-hegemônica, orientada para resultados de efetividade e construída com a teoria da mudança
Authors: Teles, Edsel Rodrigues
Gomes, Ricardo Corrêa (Orientador)
Publisher: Escola Nacional de Administração Pública (Enap)
Language: Idioma::Português:portuguese:pt
Country: País::BR:Brasil
metadata.dc.type: Monografia/ TCC
metadata.dc.description.physical: 51 p.
Issue Date: 23-Jul-2018
metadata.dc.rights.holder: Edsel Rodrigues Teles
metadata.dc.rights.license: Termo::Autorização: O autor da obra autorizou a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) a disponibilizá-la, em Acesso Aberto, no portal da ENAP, na Biblioteca Graciliano Ramos e no Repositório Institucional da ENAP. Atenção: essa autorização é válida apenas para a obra em seu formato original.
Classificação Temática: Gestão de Pessoas
Abstract: Este trabalho apresenta melhorias para o processo de gestão de Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). A QVT tem sido objeto de preocupação para os diferentes atores do mundo do trabalho (dirigentes, gestores, trabalhadores, usuários/clientes/beneficiários, cientistas) há, pelo menos, 70 anos, seja pela posição central que o trabalho assume na vida das pessoas, seja pela importância que a temática tem dentro das organizações, no intuito de minimizar o mal-estar e o sofrimento dos espaços laborais, seja pelo interesse que a academia apresenta em avançar na compreensão da tríade indivíduo, trabalho e organização. Se a QVT tem estreita relação com os resultados de uma organização, para o setor público esse tema ganha relevância ainda maior, em razão das consequências, sobre os trabalhadores, das crescentes demandas da sociedade em torno da eficácia, eficiência e efetividade das políticas públicas. A Embrapa, atenta a esse cenário, vem trabalhando com ciclos de gestão de QVT em suas Unidades desde 2007/2008. O que pode ser observado na empresa nesses ciclos é que o diagnóstico, a execução, o monitoramento e a avaliação de QVT têm interessantes espaços para aprimoramento, especialmente no que diz respeito à orientação para impactos, ou seja, transformações efetivas no estado de determinados alvos. Assim, este trabalho oferece alternativas para gerenciar o processo de QVT com base nessa premissa. Após esta Introdução, as seções 2, 3, 4 e 5 mapeiam o referencial teórico utilizado: QVT, Gestão Orientada para Resultados, Teoria da Mudança e a relação entre eles. A seção 6 se ocupa da metodologia de elaboração do trabalho. Em 7 são apresentadas experiências de organizações da Administração Pública com o processo de gestão de QVT, incluindo a da Embrapa. A proposta, com suas frentes de atuação e riscos, é delineada na seção 8. Há, finalmente, considerações finais e referências utilizadas, dispostas nas seções 9 e 10, respectivamente. A próxima seção, então, inicia a discussão sobre o referencial teórico.
Keywords: gestão de pessoas;  qualidade de vida;  serviço público;  efetividade;  teoria da mudança
Target: Especialização em Gestão Pública, 11ª edição
Target Audience: Especialistas e interessados em Gestão Pública
metadata.dc.educational.context: 420 horas
metadata.dc.description.additional: Trabalho de conclusão de curso apresentado como parte dos objetivos necessários para obtenção do grau de Especialista em Gestão Pública.
Orientador: Ricardo Corrêa Gomes
URI: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/3379
Appears in Collections:Especialização Enap - Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_FINAL_EDSEL_TELES_20.03.18.pdf1,29 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.