Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/3201
Title: A formulação da política federal de salvaguarda do patrimônio cultural imaterial: aproximações e tensões entre mercado e bens culturais imateriais.
Authors: Dianovsky, Diana
Silva, Frederico Augusto Barbosa da (Orientador)
Publisher: Escola Nacional de Administração Pública (Enap)
Language: Idioma::Português:portuguese:pt
Country: País::BR:Brasil
metadata.dc.type: Monografia/ TCC
metadata.dc.description.physical: 104 p.
Issue Date: Nov-2013
metadata.dc.rights.holder: Diana Dianovsky
metadata.dc.rights.license: Termo::Autorização: O autor da obra autorizou a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) a disponibilizá-la, em Acesso Aberto, no portal da ENAP, na Biblioteca Graciliano Ramos e no Repositório Institucional da ENAP. Atenção: essa autorização é válida apenas para a obra em seu formato original.
Classificação Temática: Desenvolvimento Social
Políticas Públicas e Sociais
Abstract: A cultura pode ser vista como uma política social capaz de promover oportunidades e resultados, impactando positivamente no combate à pobreza e às desigualdades. Entre as dimensões da política cultural, existe a do desenvolvimento sustentável na qual se vê a cultura como promotora de oportunidades econômicas e geração de renda. Contudo, a articulação entre o desenvolvimento sustentável e o respeito aos tempos e códigos culturais dos indivíduos nem sempre ocorre sem conflitos. Assim, este trabalho pretende analisar como os bens culturais imateriais se tornaram alvo de uma política pública específica e como ocorreu o processo de formulação dessa política. Devido às questões que envolvem a inserção de produtos tradicionais e manifestações culturais no mercado econômico, cultural e simbólico, pretendo, como um segundo objetivo, perceber como as relações (aproximações e tensões) entre os bens culturais e o mercado estiveram em debate na formulação da política. Para tanto, será estudado, especificamente, o Seminário de Fortaleza e o trabalho da Comissão e Grupo de Trabalho do Patrimônio Imaterial desenvolveram em fins dos anos de 1990 no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Por meio de uma análise qualitativa dos documentos produzidos e acumulados pelo GT, passarei em revista a definição de agenda, elaboração e formulação dessa política.
Keywords: política cultural;  formulação de política pública;  políticas públicas;  mercado econômico;  patrimônio cultural imaterial
Target: Curso Gestão de Políticas Públicas de Proteção e Desenvolvimento Social – 2ª edição
metadata.dc.description.additional: Monografia apresentada como requisito para obtenção de grau de Especialista em Gestão de Políticas Públicas de Proteção e Desenvolvimento Social à Escola Nacional de Administração Pública.
URI: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/3201
Appears in Collections:Especialização Enap - Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Diana Dianovsky.pdf673,47 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.