Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/981
Título: Escolas de governo do cone sul: estudo institucional do INAP (Argentina) e da ENAP (Brasil)
Autor(es): Souza, Eda Castro Lucas de
Resumo: Este estudo analisa o desenvolvimento institucional das experiências de duas escolas de governo - o Instituto Nacional de Administração Pública (INAP), da Argentina, e a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), do Brasil -, que implantaram nos anos oitenta, respectivamente, Programas de Formação de Administradores Governamentais e de Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental. Para tal, é utilizado o marco teórico que se baseia na teoria de institution building e, especialmente, o modelo conceituai de Esman, acrescido de fatores peculiares aos países estudados. A Ecole Nationale d'Administration (ENA), da França, modelo de criação dessas escolas, é analisada como paradigma. Com base no marco teórico e no modelo francês, a análise comparativa propicia inferir que tanto o INAP como a ENAP, nos contextos em que foram criados, não se institucionalizaram. Além do mais, o estudo possibilita identificar e priorizar, como responsáveis por esse insucesso, alguns fatores internos e externos às escolas, como a carência de liderança, de doutrina, de programa, de recursos e de vínculos com outras organizações e fatores de natureza político-administrativa e cultural, como clientelismo, corporativismo e descontinuidade administrativa

This study aims to analyse the institution building experiences of two governmental schools - the National Institute of Public Administration (INAP), of Argentina, and the National School of Public Administration (ENAP), of Brazil, - which undertook, in the eighties, respectively, Training Programs for Forming Governmental Managers and Experts in Public Policies and Governmental Management. The theoretical framework of institution building, specially the Esman's conceptual model, and some contextual specific factors of the countries studied are used. The National School of Administration (ENA) , of- France, original model of the two schools studied is used as a paradigm. Supported by the theoretical framework and the French model used, the comparative analysis shows that, both INAP and ENAP, in the context that they were created, did not institutionalize themselves. Additionally, the study could identify and priorize, as responsible for the non success, some internai and externai factors of the schools studied such as absence of leadership, doctrine, program, resources and linkages with other organizations and factors of political management and cultural nature such as clientelism, corporativism and administrative discontinuity

Este estúdio analiza el desarrollo institucional de las experiencias de dos escuelas de gobierno - el Instituto Nacional de la Administración Pública (INAP), de Argentina, y la Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), de Brasil - que implantaron en los anos ochenta, respectivamente, Programas de Formación de Administradores Gubernamentales y de Especialistas en Políticas Públicas y Gestión Gubernamental. Para ello, se emplea el marco teórico que se basa en el concepto de institution building y, especialmente, en el modelo conceptual de Esman, agregado a factores peculiares a los paises estudiados. La École Nationale d'Administration (ENA), de Francia, es analizada en cuanto paradigma por constituir-se en modelo de referencia para la creación de esas escuelas. Con base en el marco teórico y en el modelo francês, el análisis comparativo propicia inferir que tanto el INAP como la ENAP, en los contextos en que han sido creadas, no han sido institucionalizadas. Además, el estúdio posibilita identificar y jerarquizar, como responsables de ese malogro, algunos factores internos y externos a esas escuelas, como la carência de liderazgo, de doctrina, de programa, de recursos y de vínculos con otras organizaciones y factores de naturaleza politico-administrativa y cultural, como clientelismo, corporativismo y descontinuidad administrativa
Palavras-chave: Desenvolvimento institucional;  Instituto Nacional de Administração Pública (INAP);  Escola Nacional de Administração Pública (ENAP);  Políticas públicas;  Administração pública;  Formação de administradores públicos;  Escola de governo;  Public policies;  Public administration;  Public manager training;  Governmental school;  Políticas públicas;  Administración pública;  Formación de administradores públicos;  Escuelas de gobierno
Público alvo: Servidores públicos
Data: 9-Abr-2014
Data de finalização: 1996-07
Descrição física: Número de páginas: 261 p.
Observações/Notas: Tese defendida pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais e Universidade de Brasília, como parte do Programa de Doutorado Conjunto Flacso/Unb em Estudos Comparados sobre a América Latina e o Caribe.
Tipo: Tese/Dissertação
Detentor dos direitos autorais: Eda Castro Lucas de Souza
Termos de uso: Termo::Autorização::O autor da obra autorizou a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) à disponibilizá-la, em acesso aberto, no portal da ENAP, na Biblioteca Graciliano Ramos e no Repositório Institucional da ENAP. Atenção: essa autorização é uma licença não exclusiva, válida para a obra em seu formato original.
URI: http://repositorio.enap.gov.br/1/981
Aparece nas coleções:Teses e Dissertações dos Servidores da Enap

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Escolas de governo do cone sul.pdf15,43 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir