Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/3826
Title: Categoria Graduando 1º Lugar: Concentração e distribuição espacial da oferta brasileira de bioeletricidade florestal
Authors: Santos Júnior, Edvaldo Pereira
Publisher: VI Prêmio Serviço Florestal Brasileiro em Estudos de Economia e Mercado Florestal
Language: Idioma::Português:portuguese:pt
Country: País::BR:Brasil
metadata.dc.type: Monografia
metadata.dc.description.physical: número de páginas: 47 p.
Issue Date: 2018
metadata.dc.rights.holder: Edvaldo Pereira Santos Júnior
metadata.dc.rights.license: Termo::Autorização: O autor da obra autorizou a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) a disponibilizá-la, em Acesso Aberto, no portal da ENAP, na Biblioteca Graciliano Ramos e no Repositório Institucional da ENAP. Atenção: essa autorização é válida apenas para a obra em seu formato original.
Classificação Temática: Desenvolvimento Sustentável
Políticas Públicas
Abstract: O uso da biomassa florestal para geração de eletricidade distribui-se pelo território nacional de acordo com a oferta de matéria e disponibilidade de mão de obra. Este trabalho analisou a concentração e a distribuição espacial da oferta brasileira de bioeletricidade florestal em 2018. Os dados foram obtidos no Banco de Informações de Geração da Agência Nacional de Energia Elétrica e os indicadores de concentração utilizados foram: Razão de Concentração [CR(k)], Índice de Herfindahl-Hirschman (HHI), Entropia de Theil (E) e o Coeficiente de Gini (G). A distribuição espacial e os conglomerados foram identificados por meio da estatística Scan. Os principais resultados mostraram que a região Sul possui o maior número de usinas e a maior potência instalada de bioeletricidade florestal no Brasil. O produto florestal que se destacou em potência instalada foi o licor negro das indústrias de papel e celulose, seguido dos resíduos florestais vinculados, principalmente, às serrarias. A concentração de número de usinas e potência instalada para o nível estadual foi classificada como de moderadamente alta para [CR(k)] e G, e baixa ou inexistente para HHI e E. Para a potência instalada das usinas apresentou concentração moderadamente baixa. Entre as fontes de biomassa florestal, a maior foi das usinas de gás de alto forno e a menor das firmas de resíduos florestais. Quanto a distribuição espacial de usinas da biomassa florestal, houve apenas um cluster significativo, situado na região Sul para o número, porém, para a potência instalada foram observados sete clusters, sendo os associados ao licor negro os de maior representatividade. Este estudo mostrou a importância do envolvimento da questão espacial nos modelos, seja pela sobreposição de informações do VBP e seja no desenvolvimento das políticas públicas.
Keywords: bioenergia;  concentração industrial;  estatística Scan;  energia elétrica;  biomassa florestal;  economia industrial
Sustainable Development Objectives (ODS): 15. Vida terrestre - Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da Terra e deter a perda da biodiversidade.
metadata.dc.description.additional: Categoria Graduando - 1º Lugar - Tema: Economia e Mercados Florestais - Subtema: Mercado Florestal
URI: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/3826
Appears in Collections:Prêmio Serviço Florestal Brasileiro em Estudos de Economia e Mercado Florestal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1ª colocada (G) - EDVALDO PEREIRA SANTOS JÚNIOR (monografia 04E).pdf1,07 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open