Título: Gasto público com infra-estrutura, acumulação privada de capital e crescimento de longo prazo: uma avaliação teórica e empírica para o Brasil (1985-2003)
Autor(es): Fortunato, Wanderson Luiz Lopes
Editor: Escola de Administração Fazendária (Esaf)
Idioma: Idioma::Português:portuguese:pt
País: País::BR:Brasil
Tipo: Monografia/TCC
Extensão/Indicação de Série: Número de páginas: 66 p.
Data: 2008
Detentor dos direitos autorais: Escola Nacional de Administração Pública (Enap)
Termos de uso: Termo::Licença Padrão ENAP: É permitida a reprodução e a exibição para uso educacional ou informativo, desde que respeitado o crédito ao autor original e citada a fonte (http://www.enap.gov.br). Permitida a inclusão da obra em Repositórios ou Portais de Acesso Aberto, desde que fique claro para os usuários esses “termos de uso” e quem é o detentor dos direitos autorais, a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). Proibido o uso comercial. Permitida a criação de obras derivadas, desde que respeitado o crédito ao autor original. Essa licença é compatível com a Licença Creative Commons (by-nc-sa).
Classificação Temática: Políticas Econômicas
Políticas Públicas
Resumo: O objetivo do trabalho é avaliar a situação da infra-estrutura econômica da economia brasileira e os impactos teóricos e empíricos dos gastos nesse setor para o crescimento de longo prazo da economia brasileira. Para atingir os objetivos propostos, realiza-se, inicialmente, uma análise da situação atual da infra-estrutura econômica no país. Em seguida, desenvolve-se um modelo dinâmico Keynesiano/Kaleckiano para mostrar o papel dos gastos com infra-estrutura para que o país entre num ciclo virtuoso de crescimento econômico. Finalmente, faz-se uma discussão empírica da importância de atender as demandas específicas de cada região, em função da escassez dos recursos públicos destinados a infraestrutura econômica, e os possíveis impactos de um volume maior desses gastos públicos para o crescimento de longo prazo e a redução das desigualdades regionais no país. A proposta apresentada representa uma abordagem inédita e uma contribuição metodológica em termos dos resultados a serem obtidos, podendo em alguma medida ajudar na construção de cenários que subsidiariam a concepção de políticas públicas mais eficientes, com intuito de atenuar os gargalos na infraestrutura do país e conduzi-lo a um crescimento mais vigoroso e sustentado. Empiricamente, há evidências de que a escassez de gastos com infra-estrutura por duas décadas comprometeu a magnitude das elasticidades, mas os coeficientes foram estatisticamente significativos, sinalizando que as políticas destinadas a melhorar a participação dos gastos estaduais com infra-estrutura econômica continuam sendo um dos pilares para reverter a semi-estagnação observada recentemente na economia brasileira. O trabalho concluiu ainda que dada à escassez de recursos destinados ao setor de infra-estrutura no Brasil, as políticas públicas devem ser pensadas a nível regional e atender às demandas locais, sendo os gastos adicionais com infra-estrutura de transportes relativamente mais produtivos nas regiões menos desenvolvidas vis-a-vis aos gastos nos setores de energia e telecomunicações, que apresentam um retorno relativamente maior nas regiões mais desenvolvidas do país, em função da maior concentração da atividade industrial.
Palavras-chave: Infra-Estrutura;  Políticas Públicas;  Crescimento Econômico
Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS): 08. Trabalho decente e crescimento econômico - Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo, e trabalho decente para todos.
Observações/Notas: Prêmio SOF de monografias 2007- Tema 2: Promovendo a Qualidade do Gasto Público - Subtema: 2.2 - Mecanismos de incentivo à racionalização do gasto e ao combate ao desperdício de recursos públicos - 2º Lugar
URI: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/4666
Aparece nas coleções:Prêmio SOF de Monografias - de 2007 a 2022
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tema-2-2o-lugar.pdf213.55 kBAdobe PDF Thumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens da Biblioteca Digital são de acesso aberto para uso não comercial, desde que citada a autoria e a fonte. Salvo quando outras restrições estiverem expressas no termo de uso.