Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/3986
Título: Análise da Política Nacional de Pisos Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas
Autor(es): Fornaciari, Francielle Avancini
Silva, Rutelly Marques da (Orientador)
Editor: Escola Nacional de Administração Pública (Enap)
Idioma: Idioma::Português:portuguese:pt
País: País::BR:Brasil
Tipo: Monografia/TCC
Descrição física: 39 p.
Data: 29-Abr-2019
Detentor dos direitos autorais: Francielle Avancini Fornaciari
Termos de uso: Termo::Autorização: O autor da obra autorizou a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) a disponibilizá-la, em Acesso Aberto, no portal da ENAP, na Biblioteca Graciliano Ramos e no Repositório Institucional da ENAP. Atenção: essa autorização é válida apenas para a obra em seu formato original.
Classificação Temática: Políticas de Infraestrutura
Resumo: Este estudo busca analisar os impactos do estabelecimento da Política de Pisos Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas - PNPM no mercado de transporte rodoviário de carga e para os demandantes desse serviço, de forma a contribuir para a eficiência do setor de transporte rodoviário de carga e, por conseguinte, com a redução nos custos de vários segmentos produtivos que são diretamente afetados pelo setor. Este trabalho divide-se em cinco etapas: (i) o contexto da criação da PNPM; (ii) análise das teorias econômicas de regulação pelo Estado; (iii) panorama do mercado de transporte rodoviário de carga brasileiro; (iv) análise dos impactos da aplicação da PNPM no mercado de frete rodoviário e em outros que se utilizam desse serviço; e (v) recomendações gerais. Diante da análise de cenários de tabelamento de frete, foi possível verificar que: (a) quando o piso mínimo do frete estabelecido for inferior ou igual ao preço de equilíbrio de mercado, a Política será inócua; (b) quando o piso mínimo do frete for maior que o preço de equilíbrio de mercado, a PNPM poderá favorecer as empresas transportadoras de cargas maiores e mais eficientes, gerar inflação e, em consequência, reduzir a capacidade de compra da população e prejudicar as empresas que ofertam bens e serviços que utilizam o serviço de frete.
Palavras-chave: infraestrutura;  transporte rodoviário de carga;  avaliação;  tabelamento de fretes;  políticas públicas
Objetivo: Trabalho de Conclusão de Curso apresentado como parte dos requisitos para obtenção do título de Especialista em Políticas Públicas de Infraestrutura.
Público alvo: Especialistas e interessados em políticas de infraestrutura
Contexto de aprendizagem: 360 horas
Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS): 09. Inovação infraestrutura - Construir infraestrutura resiliente, promover a industrialização inclusiva e sustentável, e fomentar a inovação.
URI: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/3986
Aparece nas coleções:Especialização Enap - Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
FRANCIELLE AVANCINI FORNACIARI.pdfartigo principal636,25 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens da Biblioteca Digital são de acesso aberto para uso não comercial, desde que citada a autoria e a fonte. Salvo quando outras restrições estiverem expressas no termo de uso.