Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/2096
Título: Modernizando a administração pública na América Latina: problemas comuns sem soluções fáceis
Autor(es): Shepherd, Geoffrey
Valencia, Sofia
Editor: Escola Nacional de Administração Pública (Enap)
Revista do Serviço Público (RSP)
Endereço Eletrônico: http://seer.enap.gov.br/index.php/RSP/article/view/397/404
Idioma: Idioma::Português:portuguese:pt
País: País::BR:Brasil
Tipo: Artigo
Descrição física: Revista do Serviço Público - RSP, ano 47, v. 120, n. 3, p. 103-129
Número padronizado: v. 47, n. 3 (1996)
Data: Set-1996
Detentor dos direitos autorais: Escola Nacional de Administração Pública (Enap)
Termos de uso: Termo::Licença Padrão ENAP::É permitida a reprodução e a exibição para uso educacional ou informativo, desde que respeitado o crédito ao autor original e citada a fonte (http://www.enap.gov.br). Permitida a inclusão da obra em Repositórios ou Portais de Acesso Aberto, desde que fique claro para os usuários esses “termos de uso” e quem é o detentor dos direitos autorais, a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). Proibido o uso comercial. Permitida a criação de obras derivadas, desde que respeitado o crédito ao autor original. Essa licença é compatível com a Licença Creative Commons (by-nc-sa).
Classificação Temática: Administração Pública
Modernização. Reforma Administrativa
Resumo: A intenção dos autores é fornecer subsídios para o debate sobre a reforma da administração pública na América Latina. O artigo começa pela caracterização dos desafios colocados para a burocracia pelos problemas do monopólio e do controle político. Em seguida, são analisados os modelos de administração pública adotados pelos países desenvolvidos, dado que estes constituem os principais pontos de referência para as iniciativas de reforma nos países em desenvolvimento. E, finalmente, os autores identificam as causas e os efeitos das disfunções da administração pública na América Latina, sugerindo que as experiências e o debate acadêmico relativos aos países desenvolvidos podem fornecer lições aos países em desenvolvimento desde que não se perca de vista as especificidades do contexto latino-americano. Os autores sustentam que nestes países as iniciativas de reforma administrativa são dificultadas pelo baixo nível de desenvolvimento político e pela vigência de padrões informais de comportamento no âmbito da burocracia pública.
La intención de los autores es dar subsidios para el debate sobre la reforma de la administración pública en América Latina. El artículo comienza caracterizando los desafíos presentados a la burocracia por los problemas del monopolio y del control político. A continuación, se analizan los modelos de administración pública adoptados por los países desarrollados, una vez que éstos constituyen los principales puntos de referencia para las iniciativas de reforma en los países en desarrollo. Finalmente, los autores identifican las causas y los efectos de las disfunciones de la administración pública en América Latina, sugiriendo que los experimentos y el debate académico relativos a los países desarrollados pueden proporcionar enseñanzas a los países en desarrollo siempre y cuando no pierdan de vista las especificidades del contexto latinoamericano. Los autores sostienen que en estos países las iniciativas de reforma administrativa son inhibidas debido al bajo nivel de desarrollo político y por la vigencia de estándares informales de comportamiento en el ámbito de la burocracia pública.
The objective of the authors is to supply inputs for the discussion of the public administration reform in Latin America. The article begins by characterizing the challenges faced by the bureaucracy in view of the issues of monopoly and political control. This is followed by an analysis of the public administration models adopted by the developed countries, inasmuch as these countries are the premiere reference for reform initiatives in developing countries. Finally, the authors identify causes and effects of the malfunctioning of the public administration in Latin America, suggesting that the experiences and the academic discussion with respect to developed countries can offer lessons to the developing countries, provided that one does not loose sight of the specific characteristics of the Latin American context. The authors argue that in these countries the administrative reform initiatives are constrained by the low level of political development and by the informal patterns of behavior existing within the public bureaucracy.
Palavras-chave: América Latina;  administração pública;  reforma administrativa;  modernização administrativa
Observações/Notas: ISSN eletrônico: 2357-8017 ISSN impresso: 0034-9240
URI: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/2096
Aparece nas coleções:Revista do Serviço Público: de 1991 a 2000

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Modernizando a administração pública na América Latina_problemas comuns sem soluções fáceis.pdf68,07 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens da Biblioteca Digital são de acesso aberto para uso não comercial, desde que citada a autoria e a fonte. Salvo quando outras restrições estiverem expressas no termo de uso.